Review | Punho de Ferro

Muito se especulou sobre mais este seriado que seria lançado com o selo Netflix de qualidade para mais um super-herói da Marvel. E quando as primeiras críticas apareceram, foi aterrorizante para os fãs ver que havia muita negatividade em volta do que tinha sido feito por parte de Netflix.

Resolvi deixar essas críticas de lado, e fui assistir com a cabeça aberta. Tanto que maratonei até o 11º episódio. Mas então o cansaço me bateu. Ver um Danny Rand, interpretado de forma muito boa por Finn Jones, que é um panaca o seriado inteiro, me deu nos nervos.

Eu fiz questão de muito antes de se especular o seriado, ler o arco Arma Viva. Eu sei, temos que pensar que não se tem sempre o orçamento necessário para investir nas maravilhas que vemos nos quadrinhos. Mas o que me doeu foi distorcerem o caráter de Danny Rand. Ele é um bom rapaz, mas não é um “pamonha”.

Mas gostei do seriado, não vou mentir. As cenas de luta foram melhorando a cada capitulo, e muito me intrigava sobre Colleen Wing, a jovem sensei    pela qual Danny se aproxima e acaba tendo um caso. Gostei da bravura de Colleen, e de como ela não tinha medo de enfrentar ninguém, nem mesmo Ward Meachum, que até então pintava como o maior antagonista da trama.

Jovem, ryco, phyno, Ward era o típico babaca da adolescência que se fez homem, mas que sempre tinha aquele babaca interior para despertar seus piores sentimentos. E ver seu império de riqueza ameaçado pelo retorno de Danny a NY o fez reacender esse lado escroto de Ward. Do outro lado, temos Joy, a irmã caçula, que mesmo vendo o seu império na empresa Rand ameaçado com a volta de Danny, lhe dá um voto de confiança, mesmo com ele fazendo negociações que podem render bilhões à companhia.

É então que toda a trama do Tentáculo, o qual vimos desde Demolidor, começa a reaparecer, e vemos que Harold Meachum, o pai de Ward e Joy não está tão morto como imaginávamos. Controlado pelo Tentáculo, ele se usa da inocência de Danny para tentar se livrar das garras do tentáculo e dessa forma voltar a controlar de fato a empresa Rand.

Foi quando pensei: AGORA SIM! ESTOU VENDO O ENREDO QUE QUERIA.

Uma pena que é o seguinte: Isso só é mostrado lá pelo capitulo 11, já no final. E o roteiro se estendo por vários episódios tendo que escutar diversas vezes de Danny: Eu sou o Punho de Ferro, inimigo declarado do Tentáculo.

SÉRIO! Perdi a conta de quantas vezes escuto ele falar isso durante o seriado todo. Os pontos altos para mim nessa trama são a Madame Gao: Essa velha é o demônio em formato de vovozinha. Ela fez tudo que não prestava com o Demolidor, atazanou o Luke Cage, e agora mostra do que ela realmente é capaz em Punho de Ferro. Outro ponto legal: Conhecemos Bakuto, um dos líderes do Tentáculo, e que trava cenas de briga maravilhosas com o Punho de Ferro. E não poderia deixar de mencionar também: Davos, o grande companheiro de Danny enquanto ele se encontrava em K’un-Lun e que vai para NY para levá-lo de volta e proteger a entrada da cidade, e obviamente: Claire! Nossa linda e amada Claire está de volta, e é incrível como Rosario Dawson manteve a essência da personagem e todos os 4 seriados, além de também mencionar um por um durante dos Defensores, mesmo sem mencionar seus nomes, mas falando suas características ou emprestando roupas de alguns deles para Danny.

Minha avaliação? Dou nota 7 para o seriado. Ainda dou uma nota alta porque gostei bastante do inicio do seriado, mas o ritmo só volta a ser alucinante nos últimos episódios, e isso irrita um pouco.

E apesar de tudo, o gancho que ficou no final foi interessante, e deixa a entender que poderemos sim, ver uma segunda temporada do seriado, mas alguns pontos precisam ser aparados até que a mesma seja desenvolvida. Há uma trama interessante, e há um gancho para com os Defensores.

Até a próxima!!

Larissa

Engenheira de formação, professora de inglês, faço postagens no site e as vezes me arrisco nos memes que vocês podem verificar no nosso facebook e instagram.
(Visited 55 times, 1 visits today)

Larissa

Engenheira de formação, professora de inglês, faço postagens no site e as vezes me arrisco nos memes que vocês podem verificar no nosso facebook e instagram.