Gotham – 2×10 – Son of Gotham

Altas reviravoltas nesse episódio. Quando você acha que tudo vai encaminhar para um destino, a história toma outro rumo, deixando a mente sem entender o que aconteceu, só voltando a si momentos mais tarde. Essa é a melhor característica de um plot twist, que está sendo o destaque dessa temporada. Confesso que o começo do episódio, achei bem morno, ainda mais que está se encaminhando para a pausa do fim do ano, mas a partir de certo momento que falarei mais adiante, parece que as emoções à flor da pele voltaram a aflorar.

Vamos começar com o protagonista Jim Gordon, que sempre tem a característica de que, por incrível que pareça que maxresdefaultas coisas estão indos bem, alguma coisa vai acabar em treta. E o pior é que ele sempre tá certo. É o instinto de um bom policial. Outra característica que está marcando ao longo da temporada é o jeito de Gordon interrogar os suspeitos. A maioria dos policiais em outras series acabam usando a força e palavras firmes. Com Gordon, ele sempre usa algum método. Nesse caso, ele se passou por um dos monges, enganando o suspeito e entregando alguns detalhes. Fala sério, se você não ligou isso ao Batman, você não lê quadrinhos. Mas está dando gosto de ver Gordon aperfeiçoando seus métodos em Gotham.

Quem ganhou destaque tambem nesse episódio foi Bruce Wayne. Se a galera reclamou de ele estar sendo um mini-gotham-2x10-2Batman, imagina agora que ele se mostrou um mini-sedutor. Ironias à parte, não vejo problema nisso, só acho que foi mostrado cedo demais. Não passou muito tempo desde o primeiro beijo de Bruce, e agora ele está conquistando uma garota que estava manipulando ele a pouco tempo atrás. Eu acho que deveria ser mais desenvolvido esse lado
dele. Mas o que realmente gostei foi da interação entre Bruce Wayne e Selina Kyle, aumentando mais a química entre os atores e os personagens. As cenas do plano de Selina e Bruce foram bem surpreendentes de se ver, mas, para mim, a melhor parte foi a ultima cena onde Bruce fala da declaração que fez à Silver, mas que na verdade foi para Selina. É bem difícil deixar a gata desconcertada.

As cenas de ação continuam mantendo a qualidade nessa temporada, em especial nesse episódio com a cena da luta Gotham-2x10-5entre Alfred e Thabita Galavan . Um dos maiores pontos positivos dos produtores e roteiristas da série é basearem o Alfred naquele mordomo das Hq’s que não é simplesmente um serviçal. Tambem é aquele cara do exéricito britânico que sobreviveu a guerras, e que sabe se defender muito bem. Bruce Wayne terá muita inspiração se continuarem com essa personalidade de Alfred. Outra surpresa nas cenas de ação foi Que Theo Galavan sabe lutar! Do nada o cara se transformou em um ninja e transformou Gordon em um saco de pancadas. E esse cara nem suou! Já dá para perceber que no próximo episódio ele vai dar muita canseira nos mocinhos.

Mas como disse acima, as reviravoltas foram um dos maiores destaques. Quem esperava que o prefeito de gotham mentisse em seu testemunho no tribunal, inocentando Galavan? E por que será que ele fez isso? E o que o Pinguim irá fazer, agora que descobriu que Galavan está solto? E como Gordon vai salvar Bruce Wayne agora que Galavan está a postos de concluir seu plano de matar o filho de Gotham? As respostas e o desfecho desse arco vão ser respondidos semana que vem, no ultimo episódio antes da pausa.

(Visited 39 times, 1 visits today)